,

Vitamina C: Tudo o que você precisa saber

O que Você Precisa Saber Sobre a Vitamina C

Você sabe qual é a recomendação diária de Vitamina C?

Nutricionistas e médicos sempre acreditaram que a quantidade recomendada de vitamina C para o organismo seria em torno de 75 a 90 mg da vitamina por dia. Mas novas pesquisas apontam que a quantidade ideal para ser consumida é muito maior: 200 mg.

Cientistas da Universidade John Hopkins, nos Estados Unidos, divulgaram uma revisão de 29 estudos que avaliaram a pressão dos voluntários e também o consumo de vitamina C (ácido ascórbico). Eles perceberam, ao final da análise, que a ingestão média de 500 miligramas da substância estava associada a uma queda significativa na pressão arterial dos participantes.

Entretanto, pessoas que já apostavam em suplementação antes da pesquisa e, por isso, tinham muito da vitamina percorrendo o corpo, não obtiveram benefícios com doses extras. Na prática, isso sugere que quantidades mais modestas, como 200 miligramas, já seriam capazes de fazer a pressão cair — desde que consumidas regularmente.

Há duas principais hipóteses para justificar o efeito. “A vitamina C parece ter ação diurética”, relata o estudioso. Assim, ajudaria o organismo a expulsar o sódio, composto sabidamente responsável por levar a pressão às alturas. A segunda teoria é que a substância dá uma força na dilatação das artérias. Ambos os mecanismos têm impacto direto no aperto que prejudica os vasos e deixa o coração e o cérebro em perigo.

O que Você Precisa Saber Sobre a Vitamina C

Importância e Função da vitamina C

A vitamina C tem função antioxidante potente, a qual age diminuindo o estresse oxidativo. A vitamina C também tem importância como um cofator de enzima para a biossíntese de vários bioquímicos importantes.

Falta e Deficiência de Vitamina C

O escorbuto é resultante da falta de vitamina C. Sem a vitamina C, o colágeno sintetizado é muito instável para desempenhar sua função. Escorbuto ocasiona a formação de feridas na pele, gengiva esponjosa e sangramento das membranas mucosas. As feridas são mais abundantes nas coxas e pernas. No estágio avançado do escorbuto há feridas supuradas abertas, perda dos dentes, e eventualmente morte.

Vitamina C nos Alimentos

Quantidade em mg Alimento
21 mg de vitamina C 1 banana
27 mg de vitamina C 1 fatia de abacaxi
28 mg de vitamina C 1 kiwi
42 mg de vitamina C 1 copo de suco natural de uva
46 mg de vitamina C 2 batatas-baroas cozidas
63 mg de vitamina C 4 unidades de morango
67 mg de vitamina C 1 prato de couve refogada
67 mg de vitamina C 1 goiaba
84 mg de vitamina C 1 manga
146 mg de vitamina C 1 copo de suco de laranja
200 mg de vitamina C 2 cajus

 

Mito ou verdade?

Vitamina C é bom para evitar gripes e resfriados?

Verdade: A vitamina C  tem como principal função fortalecer o sistema imunológico, aumentando a resistência a infecções, gripes e resfriados; e favorecendo a absorção do ferro, ajudando a evitar anemia. A vitamina C afasta problemas no trato respiratório. Isso porque estimula a formação de macrófagos, células que englobam e depois eliminam as bactérias do mal. Só que não adianta investir no nutriente com o quadro já instalado. Para deixar o sistema imune tinindo, o correto é consumir as fontes da vitamina regularmente. Ás vezes, surgem pesquisas dizendo o contrário (que a vitamina C não evita resfriados). Mesmo frente a essas pesquisas controversas, ainda que a vitamina C não previna diretamente resfriados, podemos dizer que ajuda indiretamente, já que o sistema imunológico fica mais resistente.

É necessário fazer suplemento de vitamina C?

O que Você Precisa Saber Sobre a Vitamina C

A quantidade de vitamina C necessária para ter todos esses benefícios é facilmente atingida ao se alimentar bem, ingerindo hortaliças e frutas. Já que o organismo tem um limite de absorção do nutriente. Daí a explicação porque não adianta exagerar na dose e tomar de uma só vez suplementos que contêm 1 ou 2 gramas de vitamina C.

Porém, há situações em que, junto com uma alimentação rica em hortaliças, a suplementação é indicada, como no caso de atletas, praticantes de atividades físicas intensas, doentes crônicos, pessoas que têm gripes e resfriados recorrentes ou para aqueles que fumam, bebem demais, se alimentam mal ou vivem em locais muito poluídos.

 

Gostou? Deixe seu comentário!

Vimos em Beleza e Saúde.